Porque ampliar?

História das origens

A idéia de termos mais espaço para salas da igreja remonta a novembro de 2.001, com uma solicitação, feita pelo Pe. Bertrand junto ao Metrô, para a ocupação de áreas remanescentes da linha 5, Santo Amaro – Capão Redondo, sendo que a idéia era de transferirmos algumas das nossas instalações para essa área. Na época, não se pensava em ampliação da igreja.

Criação da Comissão

Em julho de 2.004, o Pe. Sylvestre convidou o Sr. Eduarto José Aleixo para formar uma Comissão de Obras para viabilizar a ampliação da igreja, uma vez que esta, construída há 20 anos, quando a nossa realidade era outra, se tornou pequena para atender a nossa atual comunidade. O Eduardo convidou diversas pessoas, de vários segmentos de nossa comunidade.
Em 02 de setembro de 2.004, a Comissão de Obras e Ampliação da Igreja foi constituída por Eduardo José Aleixo, como Presidente, Paulo Roberto Cajueiro Souza, Waldir Fernandes Cerri, José Cavallete Neto, José Bonifácio Grande da Silva Filho, João Aparecido Padilha, Carlos Edison Gomes Cardoso, Tatiane Pizza Esteves e Anair Gramlich, sem omitir o Pe. Sylvestre em sua qualidade de Administrador Paroquial.

Primeiro Projeto

No decorrer do mês de agosto de 2.004, recebemos do Metrô uma carta perguntando se permanecia o interesse de possuirmos a área solicitada em novembro de 2.001. Protocolamos então uma carta, em 25 de agosto de 2.004, afirmando que continuávamos interessados, e nos foi ofertada uma outra área que, por ser muito distante de nossa paróquia, dispensamos.
Em outubro do mesmo ano, quando da visita pastoral, o nosso Bispo Dom Emílio Pignoli, foi informado da nossa vontade de ampliarmos a nave da igreja, idéia que ele prontamente aprovou e quis saber como iríamos realizar tal ampliação.
A partir deste momento e com alguns membros da comissão e com a colaboração do Vereador Sr. Donato, de seus assessores Sr. Zaratini e Sr. Paulo, do vice-presidente da AABB Sr. Francisco, do engenheiro Sr. Iuky e do arquiteto Marcos Gabam, trabalhando, fornecendo idéias e aceitando sugestões, conseguimos montar, até abril/2.005, um primeiro projeto, que foi enviado ao Revmo. Dom Emilio Pignoli, para sua apreciação.
Esse projeto aumentava a nave da igreja dos atuais 251,80m2 para 532,80m2, que representa mais de 100% de aumento, sem alteração das demais dependências. Após a análise pelo Engenheiro da Cúria Sr. Marcos e pelo Vigário Geral Monsenhor Aguinaldo, Dom Emilio aprovou.

Novas Necessidades

Para essa ampliação, tornava-se necessário o deslocamento da creche. Até agosto/2.005 tivemos várias reuniões com o arquiteto Marcos Gabam, com o Dr. Antonio (presidente da creche), com a Sra. Lucia (diretora da creche) e com alguns membros da comissão, pois diversos se desligaram.
Discutimos várias idéias, modificamos várias vezes e chegamos ao atual projeto, mais próximo das necessidades da futura obra. Não podemos esquecer que, durante todo o tempo da obra, precisamos ter condições para que todos os atendimentos possam continuar acontecendo com o mínimo de transtornos. É “reformar uma casa com moradores”, como disse o Presidente Lula sobre o Brasil.

Resultados esperados

O atual projeto aumentará todo o complexo que envolve a nave (igreja), incluindo creche, salas para catequese, espaço para festas e pátio para as crianças, num total de 111% (mais que o dobro) da atual construção. Assim, poderemos acomodar com mais conforto tanto as crianças da creche, como os fiéis durante as missas e ter instalações adequadas para ampliar os atendimentos.
Atualmente temos 450 catequizandos por semana, entre catequese, escola da fé, catecumenato e crisma; curso de estudo bíblico e formação de vocacionados, além de movimentos jovens, apoio a Alcoólicos Anônimos, Narcóticos Anônimos, Amor Exigente,Clube das Mães em Risco, Terceira Idade e Vigilantes do Peso, curso para noivos, pais e padrinhos de batizados.
Também temos 800 famílias atendidas pelos vicentinos; o Clube de Mães atende 70 mulheres com gravidez de risco e atendemos 40 pessoas no grupo da terceira idade. A creche, que atende a quase 200 crianças diariamente, será ampliada e terá instalações modernas e confortáveis, para dar tranqüilidade aos familiares, que confiam aos profissionais os ensinamentos de seus filhos.

A questão financeira

Para que esta obra seja realizada, contamos com várias estratégias de arrecadação de fundos, tais como: a atual rifa diocesana, na qual teremos uma porcentagem; as doações de entidades nacionais e internacionais, Padres e Irmãos Maristas, nosso Bispo, líderes da comunidade, paroquianos, colaboradores, comerciantes e industriais da região.
Temos ainda em mente a venda do m2 (metro quadrado) para as famílias, pelo valor de R$ 900,00 (novecentos reais), que poderão ser pagos em 12 parcelas de R$ 75,00. A família que quiser colaborar, mas não puder dispor de toda a importância, poderá associar-se a outra família, seja ou não com parentesco, para completar a quantia.

Benefícios diretos

Além do benefício do conforto e melhorias na creche e no atendimento a toda a comunidade, as famílias colaboradoras receberão um diploma de colaborador especial e terão os nomes inscritos em um livro de ouro, que ficará como história da paróquia.
Também pensamos em fazer um pedido pastoral a Sua Santidade, o Papa Bento XVI para uma benção apostólica especial sob forma do diploma a todas as famílias que vão colaborar com um ou mais metro(s) quadrado(s) e também aos coordenadores das pastorais e movimentos que realmente enganjaram no projeto.
Quem tiver interesse, pode ainda solicitar o recibo para abater no Imposto de Renda a pagar, através da Cáritas Paroquial. Portanto, depende do esforço de todos nós, para que possamos, dentro do menor prazo possível, executar esta necessária e belíssima obra, chamada “Obra da Mãe do Bom Conselho”.

Eduardo José Aleixo – Presidente da Comissão de Obras e Ampliação do Espaço Físico

Copyright © 2013 PNSBC
Todos os direitos reservados. Todas as fotos, cujos créditos não estão anotados, são de Ossamu Sakaguti
Proibido a reprodução total ou parcial das matérias. Melhor visualizar usando área 1024 por 768 pixels